Seja Bem-Vindo ao meu blog!!!!!!

Queridos leitores
Sejam Bem-Vindo
Espero que vcs gostem da página
deixem sua mensagens,opiniões,comentários,etc...
Estou aberta a novas idéias e sugestões

minha familia

minha familia
agradeço ao nosso querido pai do céu por essa linda e maravilhosa familia onde eu me orgulho muito.

curso tec em enfermagem

curso tec em enfermagem
amigos queridos do coraçao nunca serao esquecidos.

26 de fev de 2009

deus é contico

corpos ardendes



Corpos Ardentes

A chama de dois corpos
São como brasa escarlate
Incendiando a nossa alma
O nosso viver.
Corpos ardentes até parece
O céu em chamas
Chama do amor mais quente
Da nossa existência
Corpos entrelaçados unidos
Pelo desejo
Desejos que nos leva a loucura
Ao delírio do prazer
Prazer que nos faz ouvir sinos
E ver as mais belas estrelas
A chama de dois corpos
Só o amor pode abrandar
Esse fogo ardente que
Nos consome pouco a pouco
De tanto prazer...

ciganinha

25 de fev de 2009

posso te sentir



Posso te Sentir

Neste momento aqui em meu quarto deitada em minha cama
Começo a me lembrar da primeira vez
Que você entrou por esta mesma porta e me fez sentir
A mulher mais feliz deste mundo.
Pude sentir seu corpo sobre o meu.
Seu toque único, nunca alguém me fez sentir tão especial.
Da maneira que você me fez sentir.
Sabe seu beijo gosto inigualável.
Até agora posso senti-lo.
Naquele momento queria eu que
Nós fossemos os únicos seres da terra,
E assim nos amaríamos para sempre,
Eu seria sua eternamente.
Ainda posso sentir a sua temperatura o seu sussurro no meu ouvido,
Dizendo aquelas palavras, que me deixavam louca.
Aqueles foram momentos mágicos e únicos,
Sei que jamais outro homem me fará mulher como você fez.
Seu amor seu cheiro ainda está em meus lençóis,
Não quero que ele se desfaça, pois é a única maneira.
De te-lo aqui ainda comigo...

jociane

por do sol


Por do sol

A cada pôr-do-sol é como se o dia se perdesse
E eu me perdesse na saudade
E a esperança diminuísse de te-lo em meus braços
O amor e traiçoeiro ele chega sem avisar
Mas não predijuca o ninho da sua morada;
A felicidade brota, um sorriso e um novo olhar.
A cada dia e a cada por – do – sol isso se desfaz,
Pois um novo dia se foi e você amor não veio
O beija-flor não veio avisar que você vai voltar
Escuto o cantar da coam ave bela de se ver
Mas o seu canto é assombroso.
Diz os antigos que seu canto traz a morte consigo,
Meu amor meu coração sangra só de pensar
Que eu possa ficar sem você, ele não resistiria.
Quero um dia ouvir tua voz me dizer
Que a saudade bateu em seu peito e não suportou
E veio ao meu encontro,
Espero amanhã que o pôr-do-sol.
Não me traga a dor de que um dia a mais se foi
Sem ti...

jociane

pegadas na areia

Um dia eu tive um sonho...
Sonhei que estava andando na praia
com o Senhor
e no céu passavam cenas de minha vida.
Para cada cena que passava,
percebi que eram deixados dois pares
de pegadas na areia:
um era meu e o outro do Senhor.
Quando a última cena da minha vida
passou diante de nós, olhei para trás,
para as pegadas na areia,
e notei que muitas vezes,
no caminho da minha vida,
havia apenas um par de pegadas na areia.
Notei também que isso aconteceu
nos momentos mais difíceis
e angustiantes da minha vida.
Isso aborreceu-me deveras
e perguntei então ao meu Senhor:
- Senhor, tu não me disseste que,
tendo eu resolvido te seguir,
tu andarias sempre comigo,
em todo o caminho?
Contudo, notei que durante
as maiores tribulações do meu viver,
havia apenas um par de pegadas na areia.
Não compreendo por que nas horas
em que eu mais necessitava de ti,
tu me deixaste sozinho.
O Senhor me respondeu:
- Meu querido filho.
Jamais te deixaria nas horas
de prova e de sofrimento.
Quando viste na areia,
apenas um par de pegadas,
eram as minhas.
Foi exatamente aí,
que te carreguei nos braços.

18 de fev de 2009

Dor de amor


Dor de amor

Como definir essa dor

O corpo todo dói

O coração quer sair do peito

A procura da pessoa amada

Perdemos a razão de tanta dor

o coração sangra dilacerado

Nada o faz consolar

Só mesmo o amor

O faz acalmar o coração a reclamar

Dor sofrida

E ao mesmo tempo gostosa de sentir

Que nos faz chorar gritar

Pelo nosso amor

Dor essa que não sabemos

Da onde vem

Só sentimos

Doer

E nada podemos fazer...


ciganinha

Deus é amor

Deus é amor
esta escrito em cada
botao de flor que se
abre e em cada folha
que cresce no campo....

onde estas


onde estás


Onde estás

Que não me ouve

Por onde andas

Que não vê meus vestígios

Deixados

Esqueceu-se de mim ?

Busco-te inutilmente

Caço e não te acho

Procuro-te

E não te encontro

Olho e não te vejo

Estás perdido

Onde

Já andei por vários mundos

Trilhei tantas estradas

E não te encontrei

Bradei o teu nome

E não me escutou

Pedi-te para voltar

Deixas-te me sozinha

Foi se sem nada dizer

Me deixando triste a perguntar

Onde estás ?

silvana frança

0 rio

o rio
O Rio Uma gota de chuva A mais, e o ventre grávido Estremeceu, da terra. Através de antigos Sedimentos, rochas Ignoradas, ouro Carvão, ferro e mármore Um fio cristalino Distante milênios Partiu fragilmente Sequioso de espaço Em busca de luz. Um rio nasceu. (Vinicius de Moraes

meu amigo




Meu amigo

Me faz falta o seu bom dia,

Me traz sempre alegria,

E fico a perguntar por que?

Que saudades de você.

Me ouve com carinho e paciência

Amigo, hoje sinto sua ausência.

Essa distância é um tormento,

não te esqueço um só momento.

Nas horas tristes me faz rir,

Nunca sei o que está por vir.

Nossa amizade é uma canção

que nasce do coração.

É doce essa lembrança

Me faz ter esperança.

Que o tempo vai passar

o prazer da dança


prazer da dança

Ao som de uma música

Que me convida a dançar,

Rodopiar, girar e girar.

Sem parar, na gostosa sensação.

Que não sabemos explicar

O corpo leve a mexer

Parece até uma pena

Ao som do vento

Ultrapassando barreiras

Do viver e do pensamento

Tudo fica lindamente colorido

Ao som de uma música

O corpo cansa

Mas a música

Me convida a dançar

Levemente sem parar

Com enorme prazer de dançar

Então deixo minha

Alma cigana vim aflorar

Rodopiando, rodopiando

Ultrapassando a fronteira

Do horizonte

Livremente seguirei a dançar

ciganinha

como é bom


O amor correspondido
lAquela paixão
lArdente envolvente
lQue nos deixa em transe
lDe tanto amar
lTudo parece belo
lO corpo fica mais leve
lNada mais importa
lApenas amar e amar
lComo é bom
lO teu calor
lSeu suor a misturar
lCom o meu
lParece até
lque o céu é aqui
lNesse nosso cantinho de amor
lComo é bom
lMe perder em seus braços
lE morrer de tanto amor

ciganinha

obrigado


obrigado
Obrigada, Senhor, que estás
Perto de nós, nos
Ampara e guias. Quando nos
Afastamos, perdoa-nos.
Dá-nos olhos atentos
Para os semelhantes que anseiam por ti.
Guarda-nos na obediência a tua palavra,
Que nos orienta segundo a tua palavra
Amém.

13 de fev de 2009

aprendendo a perdoar a si mesmo.



Aprendendo a perdoar a si mesmo





Algumas pessoas prejudicam outras e pedem perdão, que pode ser aceito ou não; mas há algumas atitudes em que o único prejudicado é você mesmo. Se você vive apontando seu dedo indicador constantemente para seu próprio nariz, cuidado!
A culpa varia de acordo com crenças e valores que cada um traz consigo desde a infância, e que muitas vezes não corresponde mais aos valores e crenças atuais. Culpa, remorso, arrependimento, são inimigos constantes de algumas pessoas e traz junto a humilhação, vergonha, o medo e a maior conseqüência: a autopunição.

Perdoar a si mesmo talvez seja um dos maiores desafios, pois está relacionado com a capacidade - e leia-se também dificuldade - que cada um tem de se amar e se aceitar. As pessoas não se amam por acreditarem terem feito algo muito terrível, às vezes isso até corresponde à verdade, mas muitas vezes não.

Algumas chegam ao máximo de se culparem por terem nascido e sentem-se como um grande fardo. Para compensarem essa rejeição sentida em algum momento de sua vida, passam a vida tentando mostrar aos outros o quanto são úteis, importantes, como que para provarem para si próprias que são merecedoras da vida.

Procure observar se busca aprovação e reconhecimento de pais, amigos, das pessoas em geral, se está sempre à disposição de todos, cedendo em quase tudo, pela necessidade inconsciente de agradar, ser aceito, mas que muitas vezes confunde-se com a desculpa de querer ajudar e que na verdade oculta a busca pelo amor e atenção.

Por exemplo, as pessoas por não se sentirem amadas quando crianças e não acreditarem em si mesmas passam a ignorar os próprios sentimentos e recorrem à fuga pela comida, como forma de compensação e obtenção do prazer. Com isso, se culpam e como punição, engordam.

Não conseguindo eliminar alguns quilos, mais culpas e assim, desviam o foco da origem de tudo para a comida. O foco passa a ser emagrecer e não o que as levou a engordar. Negam a si mesmas a subnutrição emocional que sentem e que pode levá-las a sentimentos de vazio e fome.

A comida passa a representar uma maneira de alimentar e preencher um vazio emocional. Ou seja, inconscientemente desviam a atenção dos problemas para a necessidade de emagrecer, os problemas continuam ou aumentam por não serem resolvidos e acabam consumindo mais calorias do que o corpo necessita, engordam, culpam-se, punem-se, criando-se assim, um círculo vicioso.

O perdão oferece saída para esse círculo vicioso, como uma escolha consciente de mudança. Será que a verdadeira causa está sendo considerada? Do contrário, tudo tende a piorar. Será que essa fome, esse vazio, não seria a necessidade, também inconsciente, de amor? É preciso perceber que a comida não será transformada em afeto, amor, mas apenas em gordura quando consumida de forma descontrolada. Por que não buscar outras fontes de prazer?

Uma maneira de cultivar a culpa é estar sempre exigindo perfeição de si mesmo. A anorexia e bulimia são exemplos disso. Nunca há satisfação consigo mesmo, gerando culpa, insatisfação e uma enorme dificuldade de se perdoar. Tudo que faz poderia ser melhor. Não importa o que faça ou conquiste. Ou o pior, não importa quem se é, parece que nunca é o bastante.

Para se livrar disso tudo faça uma lista de tudo aquilo que você se culpa, daquilo que fez e não fez. Seja honesto consigo mesmo. Depois, pense sobre as motivações que o fizeram fazer certas escolhas, agir de determinada forma e, ao invés de se culpar, punir ou se castigar, comece a lembrar que muitas escolhas foram feitas porque era o melhor que se podia fazer naquele momento e que na verdade, tudo foi avaliado com valores da época e que nem sempre serão os mesmos neste momento. Nunca julgue situações passadas com valores do presente.

Para perdoar-se é preciso rever todas suas crenças, valores, que muitos esquecem que com o tempo podem, e devem, se modificar. Analisar o que fez ou deixou de fazer para poder mudar e crescer é válido, como sentir remorso pela dor que pode ter causado a alguém e pedir perdão. Mas se esse remorso começar a dominar sua vida, estará alimentado seu papel de vítima e a autopiedade. Livre-se disso. Você deve aprender e crescer com a experiência passada e isso não quer dizer se punir eternamente por algo já feito.

Perdoar a si mesmo exige uma completa honestidade e integridade para que se alcance a cura de tantos males, de tanta falta de amor-próprio. É um processo de reconhecer a verdade, assumir a responsabilidade pelo que fez, aprender com a experiência, reconhecer os sentimentos que motivaram determinados comportamentos, abrir seu coração para si mesmo, ouvir seus medos, curar certas feridas e isso você pode conseguir sendo amoroso e responsável consigo mesmo.

Você pode e deve se livrar de certos padrões de pensamentos e sentimentos. Mude o que não acredita mais, livre-se de tudo que te faz mal, cure a ferida que mais lhe dói, cure sua vida emocional. A verdadeira cura é fazer as pazes consigo mesmo. O poder curativo do perdão e do amor talvez seja o remédio mais poderoso que temos. E está nas mãos de cada um de nós. E você pode começar com você mesmo!





Rosemeire Zago
Psicóloga clínica
com abordagem
jungiana. Desenvolve
o auto conhecimento
e ministra palestras
motivacionais.
Contato: (11) 9950-5095

nao deixes a felicidade em maos alheia

Não deixes a tua felicidade em mãos alheias. Nunca digas que não podes ser alegre porque não te tratam bem... Que não podes ter paz porque não te dão liberdade... Que não podes ter ânimo porque não compreendem os teus problemas... Que não podes ser operoso porque não te dão os meios de agir. Os outros não são donos da tua felicidade. A felicidade é obra tua, pois tudo está sujeito ao teu exame e aceitação. És tu mesmo que a crias ao pensar e agir. Faze-te feliz. Usa as ferramentas da alegria, da paz e do progresso que estão em tuas próprias mãos, e toma as rédeas da tua felicidade. A felicidade de amanhã está em tuas mãos, HOJE!!!

12 de fev de 2009

Qual o motivo de tanta tristeza?


Qual o motivo de tanta tristeza?

Você sabe dizer quais são os motivos de suas insatisfações hoje em sua vida? Se não há nenhuma e tudo está bem, permita-se ficar cada vez mais, mas se está sempre triste, chorando, lamentando-se que nada dá certo, é preciso parar e pensar o que está acontecendo


Você pode fazer uma pergunta simples: "O que se passa dentro de mim?" Com certeza a resposta não será tão simples e você poderá até fugir de ouvi-la, mas se continuar fugindo, tudo continuará como está. E até quando conseguirá suportar? Será que seu corpo já não está dando sinais que não está bem?

Será que não tem sentido dores pelo corpo como se tivesse passado dentro de uma máquina de moer carne? Será que não está na hora de enfrentar o que está dentro de você e responder essa pergunta com sinceridade?

A única maneira de mudar alguma

situação é identificando-a e, principalmente, saber de quem depende a mudança. Algumas vezes o motivo de sua insatisfação pode ser a falta de atitude de alguém. Será que você pode fazer algo ou depende apenas do outro querer ou não mudar? Você pode escolher entre esperar mais um pouco ou se afastar. Pode somar mais frustrações, insatisfações, doenças ou ir em busca do que quer para você. Ou você pode fazer algo para modificar a realidade? Se pode, o que poderá fazer efetivamente? Você só não pode se acomodar, cruzar os braços e nada fazer a não ser reclamar. Não pode também se sentir incapaz de fazer algo, colocando sua autoconfiança lá embaixo, principalmente em situações em que não há o que fazer. Em alguns momentos somos realmente impotentes perante algumas situações, nada podemos fazer. Nesses casos, o melhor mesmo é saber aceitar e não confundir impotência com falta de capacidade.

Você pode estar insatisfeito por inúmeros motivos que nem sabe quais são. O mais indicado é identificar um por um, pois só assim poderá agir. Se sua cabeça está uma confusão, tente escrever o que está sentindo, sem se preocupar com nada, apenas deixe seus sentimentos fluírem. Importante: não julgue, não critique ou justifique, apenas escreva o que sente, pois sentimento não tem certo e errado, e todo sentimento deve ser respeitado. Escreva o que tem te deixado triste. Escrever a fará reconhecer os motivos e pensar melhor o que poderá fazer. O que tem te causado tanta dor? Tanta tristeza? É algo dentro de você? Algo fora? Os dois? Será que você não está fazendo isso com você mesma ao permitir que alguém te faça sofrer tanto? Se deseja alívio do seu sofrimento comece o pensar sobre sua vida. Está como gostaria ou muito longe do que imaginou um dia viver? Qual é a distância? Será que você mantém um relacionamento que te faz sofrer por medo de ficar só?

Será que você não está esperando o reconhecimento de alguém pelo que você faz e não ouve absolutamente nada? Ou será que não deseja receber aprovação por suas atitudes e só recebe mais críticas? Está querendo sempre agradar as pessoas, deixa suas coisas de lado, sente dificuldade em falar "não" e depois se sente sobrecarregada e injustiçada pela falta de consideração? E onde ficou a consideração por você mesma? O respeito por seus próprios sentimentos?

Algumas pessoas parecem sabotar as oportunidades de uma vida feliz, e acabam por permitirem-se fugir de suas mágoas criando defesas que em longo prazo podem fazê-las sofrer muito mais. Por que comer em excesso quando está triste, magoada? Não está na hora de pensar o que mais pode te dar prazer além de comer? A maior fonte de tristeza geralmente se encontra nos relacionamentos afetivos. São relações sem prazer e com muita subnutrição emocional. Mas será que vai adiantar devorar um pacote de bolachas? Ou uma barra de chocolate? Ou será que você se satisfaz com tão pouco? Não acredita que merece mais? É claro que merece!

É preciso antes de tudo reconhecer a existência da insatisfação em sua vida para depois buscar como agir. É preciso coragem e um elevado amor por você mesma para enfrentar cada um de seus problemas em vez de fugir deles. Ninguém pode cuidar de sua vida por você e seus problemas não vão desaparecer a menos que você decida resolvê-los. Sem esforço e compromisso com você mesma ficará cada vez mais difícil acreditar que você consegue. Deixe de lado a crença de que você não é capaz, que é fraca. Você não é! Investigue o que ocorre dentro de você e em sua vida e prepare-se para escolher um caminho de paz. É possível se quiser realmente mudar seus sentimentos, mudar sua vida. Não demore em fazer algo por você, ou irá escolher continuar como está? Quero acreditar que não!



Coluna assinada por:
Rosemeire Zago
Psicóloga clínica com abordagem jungiana.
Desenvolve o auto conhecimento e ministra palestras
motivacionais. Contato: (011) 9950-5095.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...